Como um programa de lavagem de mãos salvou as vidas de 2.430 brasileiros e economizou R$ 320 milhões do SUS

Lavagem de mãos evitam a contaminação de cateteres, sondas e tubos tão necessários para estabilizar o paciente em UTI

um momento em que a medicina depende do avanço da ciência e da tecnologia de ponta, pequenas atitudes, como a simples lavagem das mãos, podem ser a diferença entre a vida e a morte.

Esse é o aprendizado que fica do projeto “Saúde em Nossas Mãos”, que durante os últimos dois anos promoveu workshops, encontros e sessões de aprendizado para profissionais de saúde de 116 hospitais públicos brasileiros.

A meta inicial era reduzir em 50% o número de infecções adquiridas por pacientes internados em unidades de terapia intensiva (UTI).

Finalizada a primeira etapa, a iniciativa superou essa meta, conseguiu salvar 2.430 vidas e gerou uma economia de R$ 320 milhões ao Sistema Único de Saúde, o SUS.

Leia na íntegra

0 comentários em “Como um programa de lavagem de mãos salvou as vidas de 2.430 brasileiros e economizou R$ 320 milhões do SUS”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *