Prefeitura de SP segue sem priorizar profissionais da AD na vacinação

Na atualização do Instrutivo nº 5 feita na manhã desta quarta-feira, 17 de fevereiro, a Prefeitura de São Paulo continuou não incluindo os profissionais da Atenção Domiciliar à Saúde na lista de prioridade para o cronograma de vacinação contra a Covid-19.

O documento (acesso abaixo) atualizado às 9 horas de hoje amplia a vacinação, contemplando as seguintes categorias:

• Equipes de Serviços de Ambulância que fazem transporte/remoção de pacientes com Covid-19

• Trabalhadores de Cemitérios Públicos e Privados (sepultadores, veloristas, cremadores, condutores de veículos funerários)

• Trabalhadores de equipes de IML (auxiliares de necrópsia, médicos legistas, atendentes de necrotério)

• Trabalhadores de Serviços de Diagnóstico, que realizam coleta e análise de amostra de RT PCR SARS CoV2 e exames de imagem (RX e Tomografia)

• Trabalhadores da Saúde da Rede de Atenção à Saúde Municipal (Secretaria Municipal de Saúde, Coordenadorias Regionais de Saúde e Supervisão Técnica de Saúde)

• Demais trabalhadores da saúde dos Hospitais Públicos Municipais e Estaduais da cidade, como setores administrativos ou de apoio aos serviços de saúde

Ignorando as manifestações do NEAD – única entidade nacional representativa das empresas de Atenção Domiciliar à Saúde – e, inclusive deixando sem resposta o Ofício encaminhado às autoridades da Capital envolvidas no programa de vacinação, a Prefeitura não está, assim, considerando a relevância dos serviços prestados pelo setor que é reconhecido como fundamental para a sustentabilidade do Sistema de Saúde brasileiro e que tanto vem contribuindo para a liberação de leitos.

Lamentamos que em outras cidades de estados como Rio de Janeiro, Distrito Federal, Bahia e Minas Gerais, a situação seja praticamente a mesma e seguiremos buscando que compreendam que SOMOS LINHA DE FRENTE!

instrutivo_05_priorizacao_vacina_COVID19_17_02_2021

0 comentários em “Prefeitura de SP segue sem priorizar profissionais da AD na vacinação”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *