Overuse, uma prática a ser combatida para a melhoria da gestão

A Saúde padece de um mal sistêmico: o uso exagerado de procedimentos desnecessários. O overuse, como essa situação é conhecida, é resultado da falta de gestão de recursos, que podem ser minimizados e controlados com políticas institucionais, protocolos clínicos, uso de tecnologia adequada para o acompanhamento do paciente e com a melhora da qualidade dos processos, como o que é proposto pelos padrões de acreditação da Joint Commission International, a JCI, representada no Brasil pelo Consórcio Brasileiro de Acreditação (CBA). Na saúde norte-americana, os gastos com overuse e não conformidade chegam a mais de 30% do PIB, semelhante ao que acontece no Brasil, segundo estimativas da Associação Brasileira de Medicina Diagnóstica (Abramed).

Leia na íntegra

0 comentários em “Overuse, uma prática a ser combatida para a melhoria da gestão”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *