Manipulação genética, aliada a cirurgia, reverte o pré-diabetes

Manipulação genética combinada com intervenção cirúrgica trata a complicação metabólica em ratos obesos. Segundo cientistas americanos, o resultado abre nova frente de estudo para o combate à resistência à insulina em humanos

Uma pequena alteração química resultou em grande feito científico: a reversão de pré-diabetes em ratos. Por meio de intervenção genética e um procedimento cirúrgico, cientistas americanos desativaram a enzima dihydroceramide desaturase 1 (DES1) em roedores e, dessa forma, conseguiram reduzir a produção do lipídio ceramida. A diminuição da molécula impediu o aparecimento de sintomas da complicação metabólica em cobaias que haviam sido alimentadas com uma dieta gordurosa. Também eliminou a enfermidade em animais obesos. Os resultados foram apresentados na última edição da revista.

Leia na íntegra

0 comentários em “Manipulação genética, aliada a cirurgia, reverte o pré-diabetes”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *