Setor da saúde se mobiliza para discutir Lei Geral de Proteção de Dados

Anahp participa da realização do evento e reforça a necessidade de diálogo e organização entre as entidades

Aprovada em 2018, a Lei Geral de Proteção de Dados brasileira requer a atenção da sociedade como um todo, bem como de empresas, para o tratamento de dados pessoais coletados no dia a dia. A fim de entender melhor o tema e debater sobre os impactos que a lei terá na área da saúde, a Anahp, Abramed, Instituto Coalizão Saúde, Sociedade Brasileira de Informática em Saúde – SBIS, FIESP e CIESP realizaram um seminário na última quarta-feira (17 de abril) com representantes do setor.

Um dos pontos destacados no evento foi a Medida Provisória nº 869/2018 relativa à lei, que propõe a criação da Autoridade Nacional de Proteção de Dados, além de outras providências. A Anahp, por meio da atuação do Relacionamento Institucional em Brasília, apresentou as demandas da associação para a redação atual da MP para o deputado Orlando Silva (PCdoB-SP), relator da emenda.

Leia na íntegra

0 comentários em “Setor da saúde se mobiliza para discutir Lei Geral de Proteção de Dados”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *