Quem Somos

Entidade nacional representativa das empresas que atuam em Atenção Domiciliar à Saúde, que é fruto de um pensamento empresarial que privilegia a formação e aprimoramento de pessoas, estruturas e instituições, para prover a gestão e a assistência com vistas ao crescimento sustentável e fortalecimento da modalidade.

Histórico

Mesmo sendo uma atividade cuja história se confunde com a da própria medicina, a Atenção Domiciliar em saúde vem sendo resgatada e disseminada por todo mundo, porque adquiriu características modernas e é considerada, hoje, como importante ferramenta de gestão. Por isso, é uma tendência mundial e está presente nas discussões das políticas de saúde pública e privada.

No Brasil, embora os primeiros registros formais sejam da década de 1940, foi a partir de 1990 que houve a expansão contínua da modalidade, que passou a ocupar um papel cada vez mais significativo, aumentando sua representatividade e participação na economia do país. Como consequência desse crescimento, surgiu a necessidade urgente de criar normas e regras para garantir a qualidade dos serviços, sua padronização e correta propagação.

Nesse contexto, em 2003, um grupo de profissionais envolvidos com a prestação de serviços domiciliares em saúde fundou o NEAD – Núcleo Nacional das Empresas de Serviços de AtençãoDomiciliar, para unir não apenas as associadas, como também todas as entidades e colaboradores interessados no fortalecimento e aprimoramento da modalidade.

Desafio

Entre os principais desafios da entidade, estão construir indicadores mais precisos e específicos; capacitação profissional; agilizar processos; discutir e difundir conceitos; aprimorar boas práticas de governança e incrementar as possibilidades de abrangência da Atenção Domiciliar à Saúde.

Conquistas

Com o objetivo de garantir o sucesso do empreendedor, a satisfação do financiador e a confiabilidade do consumidor, o NEAD já soma muitas conquistas ao longo do tempo. Além da apresentação de sugestões e propostas para os principais órgãos reguladores, contribuindo com a implementação de importantes medidas e ações para o setor, se destacam:

  • Grupo de Estudos – criado para a troca de informações técnicas, discussão de padrões e critérios mínimos para o atendimento de pacientes em domicílio.
  • Melhores Práticas Assistenciais – criação e atualização de Tabelas de Indicação, Avaliação e Manutenção de Internação Domiciliar, assim como elaboração de estudos para o Atendimento Domiciliar. Em 2016, lançou o Novo Escore NEAD (Tabela de Avaliação para Planejamento de Atenção Domiciliar) e, em conjunto com o Anahp (Associação Nacional dos Hospitais Privados), o Relatório Médico para Desospitalização e o Manual de Atenção Domiciliar.
  • Eventos de Educação Continuada – com temas específicos e de interesse do setor, contando com renomados e experientes palestrantes, abertos para associados e não associados.
  • Censo da Atenção Domiciliar – levantamento periódico que representa uma análise sólida do segmento, dimensionado a atividade no país e permitindo demonstrar sua importância e participação no sistema de saúde brasileiro. Após a realização das edições 2004/2005 e 2013/2014, concluiu o Censo NEAD-FIPE 2017/2018, ou seja, buscou uma entidade idônea e reconhecida nacionalmente para abordagem mais profissional, segura e abrangente.
  • Publicações – primeiro livro oficial sobre a história do setor (“Histórias, Conquistas e Desafios – Um Setor Vital e Humano”); cartilha “O Cooperativismo e a Atenção Domiciliar à Saúde”; Caderno de Boas Práticas NEAD, com temas variados divididos em fascículos; Revista NEAD, com as editorias Gestão-Negócios, Jurídico-Regulatório, Tecnologia-Inovação, Técnico-Assistencial, Ética na AD e Sociedade.
  • EAD – criação do Ensino à Distância NEAD, com acesso gratuito a todos os interessados.