Novo relatório internacional projeta avanço de 17% nos custos médico-hospitalares no Brasil em 2019

Na última semana, aqui, comentamos o relatório da Willis Towers Watson que projeta o crescimento 15,3% no custos médico-hospitalares em 2019 no Brasil. Agora, foi a vez da Aon Hewitt lançar o 2019 Global Medical Trends Rates Report, outro dos relatórios que usamos como base para o TD 69 – “Tendências da variação de custos médico-hospitalares: comparativo internacional”.

De acordo com o levantamento da Aon, o avanço dos custos médico-hospitalares no Brasil deve ser de 17% em 2019. Acima, portanto, dos 15,3% estipulados pela Towers. Outra diferença entre os dois relatórios é a quantidade de países analisados. Enquanto o da Towers traz a projeção para 77 países, o da Aon avalia 103. Apesar de ligeiras diferenças nos relatórios, o resultado de ambos destacam a necessidade de reavaliar o setor no País e avançar em uma agenda de combate à desperdícios e maior transparência, como comentamos ontem.

Leia na íntegra

Compartilhe:Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

0 comentários em “Novo relatório internacional projeta avanço de 17% nos custos médico-hospitalares no Brasil em 2019”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *