Estudo da MAPFRE analisa sistemas de saúde adotados no mundo

No “Relatório de Sistemas de Saúde: uma Análise Global”, o Serviço de Estudos da MAPFRE mostra que um sistema sanitário eficaz se caracteriza por uma maior capacidade de redução da mortalidade infantil (até quatro anos de idade), pelo controle de mortes associadas a doenças não-transmissíveis e pela promoção da expectativa de vida da população em geral.

O documento, publicado pela Fundación MAPFRE, também estabelece o Indicador de Eficácia de Sistemas de Saúde (IESS), que considera três aspectos: esperança de vida ao nascer; a porcentagem de mortes de crianças de 0 a 4 anos; e mortalidade de pessoas de 30 e 70 anos atribuíveis a doenças cardiovasculares, câncer, diabetes ou doenças respiratórias crônicas (DNTs). No ranking de 180 países, os que apresentam melhor desempenho são Japão, Suíça e Coréia do Sul – o Brasil está na 58ª posição.

Leia na íntegra

Compartilhe:Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

0 comentários em “Estudo da MAPFRE analisa sistemas de saúde adotados no mundo”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *