A ineficiência dos sistemas de saúde da América Latina

Do ano de 2000 para cá, os sistemas de saúde vêm sendo fundamentais para o progresso sanitário da América Latina e Caribe. A melhora na cobertura de assistência é explicada pela ampliação do acesso dos cidadãos a serviços de saúde, com aumento da expectativa de vida ou diminuição dos índices de mortalidade entre as crianças de menos de cinco anos.

Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), grande parte dos países da região está implementando políticas e programas que têm por objetivo oferecer cobertura universal de saúde.

Compartilhe:Share on Facebook
Facebook
Share on LinkedIn
Linkedin

0 comentários em “A ineficiência dos sistemas de saúde da América Latina”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *